Notícia

Ampliar fonte

Terça-feira, 17 de março de 2020

Sindicatos federados realizam atividades de conscientização no 18 de março

Em tempos de combate global ao COVID-19, variedade letal do Corona vírus, o PROIFES-Federação e seus sindicatos federados, conscientes de seu papel neste preocupante cenário, realizam neste 18 de março, Dia de Defesa dos Direitos e do Serviço Público, uma greve da Educação com atos de conscientização sobre o Covid-19 e sobre a importância da luta por serviços, Ciência e Educação públicos universais e de qualidade.

A pandemia que assola o globo neste grave momento exige que atos públicos de rua e aglomerações sejam evitados, mas não imobiliza o PROIFES e seus sindicatos federados na defesa de um Brasil soberano, com o fortalecimento do Serviço Único de Saúde (SUS) e das pesquisas científicas e tecnológicas, desenvolvidas majoritariamente por Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), alvos de constantes ataques e restrições financeiras impostas pelo atual governo.

A emergência de uma crise de saúde e econômica reforça também a urgência da revogação da Emenda à Constituição (EC) 95, pauta defendida há tempos pelo PROIFES, por seus efeitos devastadores no desenvolvimento da Educação, Serviços Públicos e Direitos Sociais brasileiros. A EC 95, ao congelar por vinte anos investimentos sociais, deixa o Brasil sem capacidade de reação em momentos em que o Estado necessita responder às questões mais urgentes de sua população, especialmente a parcela mais pobre e mais desassistida, que depende fortemente de serviços como o SUS, de programas de transferência de renda como o Bolsa Família, e de serviços públicos universais, fortemente impactados pelas limitações impostas pela EC 95.

Neste sentido, e considerando que boa parte das IFES está em recesso devido ao COVID-19, os sindicatos federados ao PROIFES realizarão uma série de ações à distância, pelas redes sociais e internet, para marcar este 18 de março como uma data de luta em defesa do patrimônio brasileiro, mais necessário do que nunca, representado pela Educação, Ciência e Serviços públicos universais, gratuitos e de qualidade, e de combate ao COVID-19.

Confira abaixo as ações do PROIFES e sindicatos federados neste 18 de março: