Notícia

Ampliar fonte

Segunda-feira, 08 de junho de 2020

Ranking mundial classifica as duas instituições em lista que avalia qualidade da educação, do corpo docente e da pesquisa

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e o Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), cujos docentes são da base sindical da ADUFRGS, entraram no ranking do Centro de Classificações Universitárias Mundiais (CWUR) das melhores instituições de educação superior do mundo. A lista 2020/2021 foi divulgada nesta segunda-feira, 8 de junho.

A lista reúne 2 mil instituições. A UFRGS ficou na 476ª posição no ranking geral e na 5ª colocação entre as 57 brasileiras que aparecem no relatório, com um score de 74.4. A Universidade subiu uma posição em relação ao levantamento de 2019, quando ficou na sexta colocação do país.

Já o IFRS, único Instituto Federal da lista, figura no número  1.543 do ranking mundial e é o 42º entre as brasileiras, com score de 67.6. A primeira colocada na classificação geral é a Universidade de Harvard, dos Estados Unidos.

A diretoria da ADUFRGS-Sindical parabeniza a UFRGS e o IFRS e seus docentes por esse importante reconhecimento internacional, principalmente em uma época na qual é fundamental valorizar as universidades públicas.   

Critérios de classificação

O CWUR é uma organização que presta consultoria em políticas, ideias estratégicas e outros serviços a governos e universidades com o objetivo de melhorar os resultados educacionais e de pesquisa. Os critérios de classificação do ranqueamento global são os seguintes:

1.    Qualidade da educação
Medida pelo número de ex-alunos de uma instituição que conquistaram grandes distinções acadêmicas em relação ao tamanho da instituição.

2.    Emprego de ex-alunos
Medido pelo número de ex-alunos que ocuparam altos cargos executivos em empresas do mundo relacionado ao tamanho da instituição.

3.    Qualidade do corpo docente
Medida pelo número de membros do corpo docente que conquistaram grandes distinções acadêmicas.

4.    Desempenho da pesquisa

•    Resultado da pesquisa, medido pelo número total de trabalhos de pesquisa;
•    publicações de alta qualidade, medidas pelo número de trabalhos de pesquisa que aparecem em periódicos de primeira linha;
•    influência medida pelo número de trabalhos de pesquisa que aparecem em periódicos altamente influentes;
•    citações medidas pelo número de trabalhos de pesquisa altamente citados.